Finalmente Sakura Wars chega pela JBC no Brasil e ganha seu jogo para PS4

shin-sakura-wars_taisen_the-animation-video-promo-anuncio-destaqueDepois de anos anunciado pela JBC, esquecido e então finalmente lançado, mas só digitalmente, pois a versão impressa segue sem data, chega ao Brasil a série Sakura Wars, conhecida também como Sakura Taisen.  Mais que um mangá a obra é uma série de jogos famosos no Japão da segunda metade dos anos 90, que teve seu pequeno brilho no ocidente apenas por ser um dos poucos jogos para se jogar no começo da vida da do Sega Saturn e que ganhou um novo jogo exclusivo de Playstation 4 em dezembro de 2019 no Japão, com uma versão para o ocidente prevista para 2020, além de um novo anime.

Você já jogou ou conhece os jogos atuais da série da Nintendo, Fire Emblem? RPG tático com muito simulador de relacionamentos? Pois então fire emblem só ganhou o fator date-sim e com elementos de visual novel somente no 3DS com o Awakening, antes disso ele era focado apenas na parte tática. Seu “concorrente” da SEGA, Sakura Wars, fazia essa parte de ter o date-sim como diferencial no seu RPG tático e claro robôs, muitos robôs.

sakura-wars_1

Tudo começa em 1990, quando Oji Hiroi, autor dos jogos e escritor do mangá criou o universo da série, então chamado apenas de Sakura. O projeto tinha três linhas bases, influência steampunk, batalha de robôs e uma mulher como personagem principal. Porém ele não conseguiu nenhuma publisher para publicar o projeto, que acabou por ficor engavetado até 1993, quando o então vice presidente da Sega na época, Shoichiro Irimajiri adora o projeto e custura um parceria entre a gigante japonesa e a desenvolvedora Red Company, para lançar o jogo para o futuro console da empresa, o Sega Saturn.

Porém as coisas foram mais difíceis do que pareciam, o worldbuilding passou por diversas mudanças, dificuldades de programação devido a difícil estrutura do Saturn e o que era para levar um ano e meio para ficar pronto levou três anos e virou o projeto mais caro na época, sendo lançado em 1996. O projeto contou com Kōsuke Fujishima, na arte, famoso pelo design dos jogos da série Tales of e autor e ilustrador do famoso mangá Oh My Goddess!. Para compor a trilha sonora o responsável foi Kohei Tanaka, que trabalhou na trilha de vários animes como Dragon Ball, Bastard, Pokémon O Filme, One Piece, Assassination Classroom e atualmente fez a trilha dos dois jogos da franquia Gravity Rush.

saturn-sakura_taisen_limited_edition_a-type_01Toda essa aposta e trabalho se mostraram acertadas e o jogo fui uma dos títulos mais vendidos do console e foi bem recebido pela critica, com um 33 de 40 da Famitsu e um sucesso relativo apesar da baixa venda do console, o que viria a lhe garantir um mangá, anime, filme e uma loja de produtos dedicados à franquia até 2008.

Já em 1998, ainda para o Saturn saiu o segundo jogo da série, Sakura Wars 2: Thou Shalt Not Die que seguiu bem nas vendas na crítica japonesa. Os dois primeiros jogos viriam a ganhar um port para o PSP no futuro.

050012324222001

Entrando nos anos 2000 a série passaria por seus melhores anos, o fim da exclusividade com a Sega e também um grande hiato na franquia. Mas no começo da década passada aproveitando o hype do Dreamcast, o terceiro jogo da série Sakura Wars 3: Is Paris Burning?  Foi lançado em 2001, inovando com uma nova protagonista, uma nova localidade, agora o jogo se passava em Paris e não mais no Japão, além de uma nova engine, incrementando o gameplay tático com batalhas em “tempo real” e dezenas de mini games. No mesmo ano a série ainda ganharia seu primeiro longa, nos cinemas japoneses. Apesar do amplo sucesso o fracasso do Dreamcast que viria ser descontinuado no mesmo ano de 2001, fez com que todo desenvolvimento de um novo jogo fosse feito as pressas, em apenas 10 meses, como uma homenagem aos fãs da série que deram suporte a franquia. Assim como suporte de um estúdio externo e diversos outros problemas, Sakura Wars 4: Fall in Love, Maidens foi lançado em 2002, tendo como base todo jogo anterior, reutilizando muitas mecânicas do titulo anterior, mas finalizando o plot das protagonistas da série.

sakura-wars-song-of-sakura-image-1Como quase toda franquia da Sega na época, a série ganhou diversos ports para o Playstation 2 e finalmente devido ao alto números das vendas do console no ocidente a série começaria a ganhar força para ser lançada do outro lado do mundo. Até então ela só chegava via fansubs de animes e mangás e patchs com legendas em inglês para o jogo no computador. Além de começar a ser licenciada pros Estados Unidos o anime também chegaria na Cartoon Network, chegando até aqui no Brasil.

Assim em 2005 o quinto jogo da série foi lançado, Sakura Wars: So Long, My Love, que foi bem aceito pelo critica oriental, porém a Sega tinha duvidas em lançar o jogo oficialmente no ocidente, dentre pedidos dos fãs, problemas em fechar os acordos para a adaptação ocidental, ela seria iniciada somente em 2008 e lançada apenas em 2010, para PS2 e Wii no ocidente. Tudo isso fez as vendas no ocidente irem muito mal, mesmo na esperança da grande base instaladas do console da Nintendo alavancar as vendas.

maxresdefault

Assim a série foi indo para geladeira da Sega, ficando 15 anos sem nenhum novo lançamento até em 2019 sair um “soft” reboot da franquia para Playstation 4, chamada Project Sakura Wars. Porém dessa vez a Sega não será tão lerda e já anunciou que o jogo chega no ocidente totalmente localizado ainda em 2020.

Assim para os brasileiros sem dúvida 2020, pode ser o melhor ano da franquia por aqui e caso você goste de temas como o Japão dos anos 20, steampunk,mechas e jogos com muito date simulator e rpg tático Sakura Wars pode ser um prato cheio para você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s