Papo Aleatório: O que os mangás podem aprender com os Comix – Mercado Brasileiro

Publicado: janeiro 22, 2012 em Mangá, Papo Aleatório, Quadrinhos
Tags:, , , , , , ,

Deu muita repercussão a polêmica que aconteceu nos Estados Unidos, já que por lá, os heróis andam tomando uma surra dos mangás, porém aqui no Brasil, o mercado de quadrinhos americanos vem se mostrando muito mais maduro, claro por vários outros fatores, vamos lá, então:

Atualmente, o mercado brasileiro de HQ’s e mangás cresceram juntos, mas o amadurecimento das gerações que acompanham comix, somando a alta dos títulos no cinema atual fizeram o mercado brasileiro ficar forte e diversificado. Hoje, você encontra nas bancas, títulos para leitores ocasionais e que acabam trazendo novos leitores ao preço de R$ 1,99 (com papel crochê), também têm os títulos mensais e as grandes sagas que variam de R$ 5,00 a R$ 7,00, ainda tem os encadernados com histórias fechadas de R$ 19,00 a R$ 25,00, os álbuns de luxo que chegam até  R$ 200,00, somente nas livrarias mostrando que as editoras preocupam-se com todas as parcelas do mercado e para todo tipo de consumidor e bolso.

Sessão dedicada a Takehiko Inoue na Books Kinokuniya's em Nova York

Já os mangás se limitam aos mensais e ao ganho de novos leitores, através dos scanlators e fansubs, que chegam a serem importantes pro mercado, afinal, eles fazem o que as editoras deveriam fazer. Claro que lançar uma história de mangá por R$ 1,99 visando novos leitores é difícil, pois os japoneses dificilmente deixariam, mas por que não lançar, por exemplo, uma missão ninja do Naruto: curta e fechada, assim se o leitor casual se interessar, ele vai atrás do mangá mensal e assim cada mês pegando uma pequena parte aqui e acolá de alguma obra, como a editora Panini faz com os grandes heróis da DC e da Marvel.

Comix Book Shop, na maior loja do ramo no Brasil, Comix é o destaque

Hoje, a geração Cavaleiros já cresceu e é uma geração que começa a ter sua independência financeira, já a geração Naruto talvez ainda leve um tempo. Isso mostra que é questão de tempo para os Kazenban, que poderia custar entre R$ 30,00 e R$ 60,00, assim como apostar nos artbooks para uma parcela do público que existe ou mesmo investir em Tonkahon, igual os japoneses com capa-extra, páginas coloridas  e por um valor um pouco maior para os títulos de sucesso.Logo, os atuais “Tonkahon”, chamado pelas editoras de formato Death Note poderiam ficar mais baratos do que são hoje. Público, os mangás têm de sobra e cada ano que passa, esse público cresce e exige um material melhor, caibam as editoras saírem da zona de conforto e começarem a explorar todos os tipos de consumidores e bolsos, pouco a pouco se modelando ao consumidor.

Anúncios
comentários
  1. Gyabbo! disse:

    O problema é que as editoras brasileiras se fecharam no nicho de quem já é fã de mangas (da mesma forma que nos EUA fecharam no nicho das comic stores), tanto que a Panini tentou lançar um manga que caberia perfeitamente em um formatinho simples a preço baixo: Shin-chan. Acabou sendo rejeitado pelo público fã de manga por causa do formato e foi cancelado.

    Gyabbo!

  2. Junior Cesar disse:

    Muito bom o post, acompanho sempre!

  3. Sogeking disse:

    To gostando muito desse site, continuem com o bom trabalho ^^ e realmente jah passou da hora das editoras investirem e outras ramificaçoes de publico para mangas, soh a Conrad jah teve essa atitude inclusive atualmenet com Gen q eu soh nao compro devido ao alto numero de mangas q to levando mas futuramente pegarei. Quem sabe nao mostro minha coleçao aki depois *o* sao uns 800 mangas.

  4. […] de um “Espelho” de inspiração para seus próximos títulos? Como falei no texto:  O que os mangás podem aprender com os comix – mercado brasileiro, acho que as editoras poderiam aumentar a gama de formatos para atingir vários tipos de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s